Facebook
Twitter
Soundcloud
You Tube
  Siga-nos!
Ícone E-mail
Ícone E-mail
Ícone Telefones Úteis
Ícone Ouvidoria
Ícone Webmail
Sábado, 29 de Abril de 2017
Imagem de Acerto
Brazão de Eldorado
Prefeitura da Estância Turística de Eldorado
Brazão de Eldorado

Importação de bananas do Equador ameaça a bananicultura do Vale do Ribeira e do país

Compartilhe

A Associação dos Bananicultores do Vale do Ribeira e a Prefeitura Municipal da Estância Turística de Eldorado convidam os Bananicultores da região para esclarecimentos sobre as IMPORTAÇÕES DE BANANAS DO EQUADOR, os riscos para a economia e a produção de banana em nosso Município.

A reunião será na próxima sexta-feira, dia 11 de abril, no auditório da Aldeia Cultural de Eldorado, à partir das 19 horas

 

ENTENDA O CASO 

    Este assunto já chegou ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento e a análise de risco das pragas da banana do Equador já está pronta. O próximo passo é definir o regulamento que norteará o processo de importação. 
    As empresas BANESA E DELMONTE, monopolizam a produção e comércio deste país. Em virtude da grave crise européia e americana, não consegue exportar para estas regiões. 
    Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, geram aproximadamente 500 mil empregos direitos e 2 milhões indiretos, aliás, proporcionalmente é uma das culturas que mais empregam, pois dependo da região, está permite a mecanização de parte de sua produção. Em algumas regiões do Brasil é a única atividade econômica que move mercados locais e regionais. 
    Em face da alta tecnologia aplicada pelas grandes empresas no Equador, fruto do grande investimento dos governos americanos e europeus, num passado recente, o bananicultor do nosso país não consegue competir com estas grandes empresas, pois naquele país, há incentivos, não há carga tributária e no nosso Brasil os custos são altos e aqui não há investimento dos governos para desenvolver este setor agrícola, bem como há grande risco de pragas existentes naquele país que por aqui ainda não existe. 
Isto posto, permitir a importação de bananas do Equador é contribuir para a exterminar a bananicultura nacional, pois é desleal a concorrência entre estes países neste setor. 
    Assim sendo, é necessário aumentar o bolsa família e outras bolsas para alimentar mais 2 milhões de trabalhadores em nosso país, aumentando mais ainda o último êxodo rural, inflando as cidades, sem nenhuma infraestrutura para absorvê-los e incluí-los no mercado. 
    Aqui no Vale do Ribeira, que compõe 23 cidades, na sua grande maioria, a bananicultura é a principal atividade econômica destes municípios, gerando rendas e riquezas para toda a população. Estima-se que a bananicultura gera diretamente e indiretamente aproximadamente 80.000 empregos nesta região. 

Atualmente, a área ocupada pela bananicultura no Vale do Ribeira e Litoral Sul, segundo dados oficiais da LUPA (LEVANTAMENTO CENSITÁRIO DAS UNIDADES DE PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO - LUPA 2007/2008) é de 36.099,3 hectares, localizadas estas em pequenas propriedades, ou seja, em até 10 hectares, atividade esta da agricultura familiar. 

Deixe um Comentário

Tamanho da fonte: Imprimir:

DESTAQUES:

RECEBA:

Cadastre seu e-mail e receba nossas notícias, informações e novidades.

FIQUE DE OLHO:

Sobre nós
A Estância Turística de Eldorado é o 4º maior município paulista, com mais 70% da sua área coberta por Mata Atlântica intacta, em excelente estado de conservação.

O município fez parte do primeiro ciclo do ouro do país, no início do século XVII, ainda com o antigo nome de Xiririca (palavra indígena que significa águas correntes). Tornou-se município em 10 de março de 1842. Continue lendo.
Receba
Cadastre seu e-mail e receba nossas notícias, informações e novidades.

Contato por e-mail

Contatos
 Praça Nossa Senhora da Guia, 348
Centro - CEP 11960-000 Eldorado/SP
 Telefone: (13) 3871-6100
© 2017 Eldorado. Todos os direitos reservados.  |  Política de Privacidade  |  Desenvolvimento: Inside Internet
Curta aqui a nossa página:     
 

curtidas

    

tweets