Facebook
Twitter
Soundcloud
You Tube
  Siga-nos!
Ícone E-mail
Ícone E-mail
Ícone Telefones Úteis
Ícone Ouvidoria
Ícone Webmail
Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017
Imagem de Acerto
Brazão de Eldorado
Prefeitura da Estância Turística de Eldorado
Brazão de Eldorado

Vigilância Epidemiológica realiza ação contra o Tracoma, na Escola Lilia

Compartilhe

     A equipe da Vigilância Epidemiológica, em parceria com a DRS XII (Departamento Regional de Saúde), esteve na Escola Municipal Lilia Viana de Almeida para realização da campanha de prevenção ao Tracoma e Geo-Helmitíase.

    Durante a visita, que aconteceu na última quinta-feira (21), os profissionais da Saúde realizaram procedimentos de prevenção, avaliação e orientação sobre a doença dos olhos (Tracoma). Ao todo, foram avaliados 158 alunos da instituição.

SAIBA MAIS
    Tracoma é uma doença inflamatória dos olhos, crônica e recidivante, que afeta a córnea e a conjuntiva, provocada pela bactéria Chlamydia trachomatis, sorotipos A, B, Ba e C. Esse micro-organismo é responsável também por outros quadros infecciosos, como a conjuntivite de inclusão e algumas doenças sexualmente transmissíveis.
      A transmissão pode ocorrer sempre que houver lesões ativas na conjuntiva pelo contato direto entre as pessoas, ou por contato indireto com mãos ou objetos contaminados (toalhas, lenços, produtos de maquiagem, etc.). Alguns gêneros de moscas, especialmente as domésticas e as conhecidas como lambe-olhos, podem transmitir a bactéria para uma pessoa sem a enfermidade, mecanicamente, se pousarem sobre olhos infectados de um doente.
    Crianças, mesmo as assintomáticas, e os portadores de infecção ativa representam o principal reservatório dessa bactéria.

Sinais e sintomas
⦁ O período de incubação varia entre cinco e doze dias;
⦁ Nas fases iniciais, quando os sinais se manifestam, o tracoma assume a forma de uma ceratoconjuntivite folicular bilateral crônica com hiperplasia papilar (papilas aumentadas);
⦁ Os principais sintomas são sensação de corpo estranho nos olhos, prurido (coceira), lacrimejamento, irritação, ardor, secreção mucopurulenta, hiperemia (olhos vermelhos) e edema palpebral (inchaço);
⦁ A repetição das infecções provoca cicatrizes especialmente na conjuntiva que reveste a pálpebra superior, que a deformam. A evolução do quadro é marcada por complicações como o entrópio (margem da pálpebra voltada para dentro do olho), a triquíase (inversão dos cílios que tocam o globo ocular), a opacificação da córnea e a obstrução lacrimal;
⦁ O atrito provocado por essas deformações pode produzir úlceras na córnea responsáveis pela perda progressiva da visão e cegueira.

Recomendações
* Lave sempre as mãos com água e sabão;
* Estimule as crianças a cuidar da higiene pessoal e do lugar onde vivem;
* Saiba que objetos de uso pessoal, como material escolar e toalhas, por exemplo, podem ser veículos de transmissão da bactéria;
* Não se descuide das consultas médicas que devem ser realizadas a cada seis meses até ser determinada a cura definitiva da doença. O principal objetivo desse acompanhamento é evitar as recidivas da infecção que podem levar à cegueira.

Geo-helmintos: são os helmintos ou vermes que necessitam obrigatoriamente, para completar o seu ciclo evolutivo, de um estágio no solo. O paradigma do geo-helminto é o Ascaris lumbricoides. Os ovos do áscaris eliminados com as fezes de um indivíduo só são infectantes para um outro indivíduo após o desenvolvimento, no seu interior, de uma larva infectante. Este desenvolvimento se dá no solo, em condições satisfatórias de umidade, temperatura, oxigenação, durante 5 a 7 dias. Decorre disto que a fonte de infecção na ascaridíase é o solo (ou alimentos contaminados com solo), não sendo esta parasitose diretamente transmissível de um indivíduo para o outro. O controle das geo-helmintíases se faz pelo destino adequado dos dejetos humanos, e pela educação sanitária visando o cuidado com a limpeza e a origem dos alimentos consumidos. 

Tag:

Deixe um Comentário

Tamanho da fonte: Imprimir:

DESTAQUES:

RECEBA:

Cadastre seu e-mail e receba nossas notícias, informações e novidades.

FIQUE DE OLHO:

Sobre nós
A Estância Turística de Eldorado é o 4º maior município paulista, com mais 70% da sua área coberta por Mata Atlântica intacta, em excelente estado de conservação.

O município fez parte do primeiro ciclo do ouro do país, no início do século XVII, ainda com o antigo nome de Xiririca (palavra indígena que significa águas correntes). Tornou-se município em 10 de março de 1842. Continue lendo.
Receba
Cadastre seu e-mail e receba nossas notícias, informações e novidades.

Contato por e-mail

Contatos
 Praça Nossa Senhora da Guia, 348
Centro - CEP 11960-000 Eldorado/SP
 Telefone: (13) 3871-6100
© 2017 Eldorado. Todos os direitos reservados.  |  Política de Privacidade  |  Desenvolvimento: Inside Internet
Curta aqui a nossa página:     
 

curtidas

    

tweets