Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Eldorado - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
27
27 MAI 2020
A Prefeitura de Eldorado, através da Procuradoria Municipal, conseguiu uma vitória importante para economia do município
enviar para um amigo
receba notícias

A Procuradoria Municipal obteve importante vitória na Comarca de Eldorado, que resultou numa economia de aproximadamente R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões).


Trata-se de ação indenizatória por danos materiais e morais promovida pela Santa Casa de Eldorado na Comarca de Eldorado – processo n. 1000472-94.2016.8.26.0172, que tinha por objeto de discussão, dentre outros, a responsabilização do Município pelas dívidas da entidade, sendo que a pretensão da entidade era o recebimento da quantia de R$ 49.055.994,66 (Quarenta e nove milhões, cinquenta e cinco mil, novecentos e noventa e quatro reais e sessenta e seis centavos).


Em defesa do Município, a Procuradoria Municipal arguiu preliminar de prescrição, visto que entre a data do término do convênio e a propositura da ação decorreu mais de cinco anos, bem como no mérito de que não havia nenhum elemento que tivesse o condão de demonstrar qualquer traço de responsabilidade municipal.


Esclareceu da mesma forma que realizou durante anos diversos repasses à entidade, tendo esclarecido que o repasse de verbas públicas a entidade visava a promoção do serviço de saúde, não configurando e nem gerando responsabilidades por qualquer dívida contraída e por atos realizados pela entidade privada Santa Casa.


A Juíza de Direito da Comarca de Eldorado, acolhendo uma das teses aventadas pela Procuradoria Municipal, julgou improcedente a pretensão da Santa Casa de Eldorado.


Para o Procurador Municipal Helder Piedade: “em nenhum momento restou demonstrado que tenha o Ente Público Municipal agido de forma a causar males a Entidade, visto que somente se restringiu em seguir os termos do Convênio e subvenções posteriores, não imputando qualquer modificação a estrutura jurídica e estatutária da Associação Santa Casa de Eldorado ou mesmo transferência de propriedade ou patrimônio para si própria, tendo o controle do patrimônio da entidade ficado única e exclusivamente ao seu encargo através de sua Mesa Administrativa, definida dentro das regras de seus estatutos”.


A entidade já havia sido condenada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo no ano de 2015, tendo suas contas julgadas irregulares e tendo sido proibida de receber repasses públicos (Processo nº 00165/012/11).

Clique aqui e acesse a senteça

 

 

 

 

Publicações relacionadas:

31 MAI 2019
Nota Oficial | Leilão do prédio da Santa Casa

https://eldorado.sp.gov.br/portal/noticias/0/3/1242/nota-oficial--leilao-do-predio-da-santa-casa/

04 JUN 2019
COMUNICADO | Pronto Atendimento

https://eldorado.sp.gov.br/portal/noticias/0/3/1240/comunicado--pronto-atendimento/

 

Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia